Este blog contém posts e comentários.

Este blog recebe e agradece as visitas desde Fev/2009.

Contador de visitas

sábado, 18 de julho de 2009

LOGISTICA




LOGÍSTICA REVERSA!

A logística é a parte da produção que cuida do planejamento, organização, controle e realização de todas as tarefas voltadas para a armazenagem, transporte, e distribuição dos bens de consumo e serviços até o consumidor final.
A sua empresa pode ter bons produtos com preços acessíveis, mas, se não tiver uma logística de colocação dos produtos no mercado irá acabar perecendo, sufocada pela concorrência acirrada que é praticada pelo mercado habitual e que não perdoa nenhuma falha ou gargalo.
Uma das características mais observadas na logística é o tempo de entrega, pois, as empresas trabalham apenas com estoque mínimo devido ao alto custo de sua manutenção, e depende do atendimento logístico de alta qualidade de seus fornecedores, a fim de cumprir seus compromissos com maior economia, denominado pelas organizações de “Just in time”.
A FIAT é uma industria automobilística que utiliza somente fornecedores fixadas no entorno da fábrica atendendo pelo processo logístico ”Just in time” fazendo chegar na linha de montagem da empresa as peças necessárias para montagem dos veículos solicitados sob encomenda pelas concessionárias.
Somente agora o Brasil está acordando e dando a devida importância ao processo de LOGISTICA REVERSA que tem um papel importantíssimo na conservação do meio ambiente e da produtividade, com responsabilidade sobre o fim da vida do seu produto.
O papel da logística reversa pós venda é administrar as devoluções, reaproveitamento e remoção de refugos de produtos descartados.
Com o aumento do consumo e a diminuição da vida útil dos produtos o descarte de refugos tomou uma proporção gigantesca, carecendo de providências urgentes no sentido de reaproveitamento dos materiais recicláveis evitando a contaminação do meio ambiente e destruição da natureza que já é um processo altamente preocupante.
Aquela televisão antiga, o computador ultrapassado que ninguém quer, aqueles aparelhos celulares “Tijolão” o qual todos dão risadas, os aparelhos de videocassete substituídos pelos atuais DVDs, entre outros, não devem ser descartados no lixo comum, mas necessitam retornar ao processo de origem, a indústria que os fabricou, possibilitando a reutilização dos componentes recicláveis, transformando os rejeitos em matéria prima novamente, para a construção de produtos novos e atualizados.
Um dos maiores problemas está na falta de sistemas informatizados que possibilitem a integração da logística reversa ao fluxo normal da distribuição, pois, as empresas fazem chegar até o consumidor final um determinado produto, mas, como os celulares por exemplo, quando se tornam obsoletos são atirados no lixo comum, quando deveriam ser destinados ao próprio vendedor, mas a logística reversa ainda está como um “sonho” que precisa ser melhor trabalhado junto às industrias para que recebam de volta de forma fácil e descomplicada o subproduto de sua responsabilidade, fazendo assim o seu papel social em prol da humanidade e o meioambiente.
Enquanto a LOGISTICA faz chegar em suas mãos o equipamento que faz você interagir com o mundo, o seu computador, a LOGISTICA REVERSA faz o seu computador ultrapassado retornar à industria tecnológica que o produziu para que seja desmontado e reciclado, plástico, chips, metal, parafusos, fios, botões, etc.

A logística reversa reflete a questão ecológica eminente na qualidade.





(a) Adm. Jésus Fernandes Leão
Visualizações desta Matéria:
contador de acesso
LER O ARTIGO COMPLETO...

sábado, 11 de julho de 2009

MARKETING PESSOAL.


Marketing não é sinônimo de Publicidade e Propaganda, mas, algo bem maior e mais complexo. Igualmente, o Marketing Pessoal não significa, de forma alguma, uma propaganda da pessoa, mas, uma representação da forma que a pessoa deseja ser vista pelos outros. Se quer ser vista como uma pessoa de sucesso, vitoriosa, extrovertida ou introvertida, alegre ou solitária e triste. Mas, para poder passar um Marketing Pessoal positivo, é necessário conhecer-se a si mesmo diariamente, seus desejos e paixões, seus vícios e qualidades, suas preferências e suas necessidades. Muitas vezes tentamos passar para alguém um Marketing Pessoal inexistente, ou até mesmo, desconhecido para nós mesmos, e daí, não poderia mesmo dar certo, e ficamos nos perguntando: “Onde foi que eu errei?”

O Administrador Fábio Marques, consultor e palestrante, em matéria publicada na Revista Brasileira de Administração No. 70, evidencia cinco variáveis, que segundo ele podem levar ao sucesso ou ao fracasso de uma pessoa.

São elas:

1) O AUTOCONHECIMENTO: se investirmos em nos conhecermos melhor poderemos identificar nosso próprios pontos fortes e qualidades, distinguindo aquilo que nos torna únicos, diferenciados dos demais.

2) VISÃO: quando conhecemos a nós mesmos, entendemos as nossas aspirações e limitações entendendo melhor para que seremos mais úteis, em que mercado poderemos atuar com maior sucesso, tendo em vista nossas características particulares, sabendo onde pretendemos chegar, qual o nosso objetivo, o que vemos no mercado que nos fascina, e o que vemos no mercado que nos oprime. Daí vem uma pergunta superinteressante e que todos devemos responder a nós mesmos: “Onde quero estar daqui a 5, 10, 15, 20 anos? Ter uma visão do futuro é mister para nos projetarmos social, financeiro e emocionalmente.

3) COMUNICAÇÃO: ter uma boa retórica, e facilidade de interpretação e escrita, ter uma boa aparência visual, comunicação gestual, andar com firmeza e elegância, possuir boa postura, um bom aperto de mão, um olhar seguro e sério, roupas bem combinadas, meias que combinem com o sapato, gravatas com “nós” bem feitos, etc. Tudo isso faz desenvolver uma boa comunicação Verbal e Não-verbal, bem como nossa capacidade de comunicação perceptiva de saber ouvir as pessoas, capazes de impactar diretamente o nosso Marketing Pessoal.

4) APRENDIZADO: a capacidade de percepção rápida e adequação ao ambiente faz jovens de sucesso enquanto pessoas mais maduras não conseguem sair do lugar e aposentam em uma única função na firma após 35 (trinta e cinco) longos anos.

5) PRÁTICA: quando uma ação é executada por várias vezes o executor se torna muitas vezes infalível, executando com perfeição determinada tarefa, e a disposição para praticar com insistência, incansável leva a busca da excelência que é a melhor ferramenta de construção de qualquer Marketing Pessoal. “Onde há vontade, há um caminho.” E onde há boa vontade há muitos caminhos, conforme fala o Administrador Fábio Marques (RBA, n.70 maio/junho de 2009).Toda uma equipe sempre torce para aqueles que lutam incansáveis, sem desânimo, e persistem até fazer acontecer. Aquí é que você irá mostrar o seu Marketing Pessoal, mostrando então quem você é, e do que você é capaz.

É assim a formação de um MARKETING PESSOAL.

(a) Adm.Jesus Fernandes Leão

Visualizações:
contador para blog

        
LER O ARTIGO COMPLETO...

sexta-feira, 10 de julho de 2009

MESTRE EM ADMINISTRAÇÃO DE NEGÓCIOS


MBA.

(Master in Business Administration, é um nome charmoso para a sigla MBA, que quer dizer: "Mestre em Administração de Negócios".)

Muitos acham que não existem diferenças entre o MBA e o curso de pós-graduação, mas, os cursos de pós-graduação lato sensu são dirigidos para o aprimoramento acadêmico e profissional dando continuidade a educação iniciada na graduação, sendo disponíbilizada para aqueles portadores de diploma de curso superior.

Os cursos de MBA são direcionados para os profissionais de carreira gerencial. A duração do curso de pós-graduação tem carga horária mínima de 392 horas enquanto os MBAs tem em geral 512 horas, segundo esclarece o professor Oduvaldo Cardoso, diretor do Centro de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão das Faculdades Oswaldo Cruz.

O professor Cardoso diz que os cursos de MBA além de especialização em Área definida também deve permitir uma visão gerencial ampla, desenvolvimento de técnicas de liderança, tomada de decisões em ambientes de alta competitividade e cenário de constantes mudanças e transformações, como é feito desde 1994 pelo centro de Pós-Graduação das Faculdades Oswaldo Cruz.

Os MBAs brasileiros são duramente criticados por alguns especialistas, devido ao alto preço cobrado pelas instituições e ao tempo muito prolongado para a conclusão.
Em geral a duração do programa de MBA é de 18 meses, mas, não é exigido dedicação integral, e o curso geralmente é conciliado com a vida profissional, diferente dos MBAs americanos onde é exigido a dedicação integral (full-time).

Dificilmente iremos encontrar alguém que tenha se arrependido de fazer um MBA, pois, o curso abre as portas para a vida de executivo. Mesmo antes de haver concluido o curso, muitos obtém alteração positiva na carreira ou nos negócios.

Quem pretende fazer MBA deve ficar ciente que o curso não garante novo emprego ou promoção, mas, abre novas possibilidades de sucesso no mundo dos negócios.

É um curso recomendado para o profissional que aspira cargos gerenciais ou quer aprender a administrar melhor uma pequena, media, ou grande empresa.


De acordo com a Revista Brasileira de Administração nº. 69 - Março/Abril de 2009, para os profissionais de Administração é indicado os MBAs relacionados com o desenvolvimento empresarial: Gestão Empresarial, Finanças e Controladoria; Gestão Estratégica de Negócios, Gestão Hospitalar; Gestão e Negociação de Vendas; Gestão de Qualidade e Produtividade; Gestão de Negócios, Serviços e Varejo; Logística Integrada; Gestão de Marketing; e Gestão de Recursos Humanos (RBA, 2009)


O MBA feito no exterior possibilitará um melhor nível competitivo, como por exemplo, Estados Unidos, Inglaterra, Canadá e Espanha, mas o investimento é muito mais alto que os similares aplicados no Brasil, conforme relato do professor Oduvaldo Cardoso.

O fato do Ministério da Educação classificar o MBA como pós-graduação, todo programa com uma carga horária mínima de 360 horas de duração e metade do corpo docente formado por mestres e doutores, é também chamado de MBA.

Com isto, surgem muitos cursos rotulados de MBA, que não são na verdade um MBA.

Como no Brasil, os cursos MBAs são cursos voltados para formação de executivos nas disciplias da Administração, é pura ilusão acreditar que podemos formar gestores a partir de pessoas que nunca geriram coisa alguma. (Este texto é uma sinopse do artigo publicado por Tânia Mendes e João Humberto de Azevedo na RBA 69, de Março/Abril de 2009)

(a)Adm. Jésus Fernandes Leão
Visualizações desta Matéria:
contador gratuito
LER O ARTIGO COMPLETO...

terça-feira, 7 de julho de 2009

Acordo Ortográfico. O que muda?


1) O alfabeto passa a ter 26 letras com o acréscimo das letras "k", "w", e "y";
2) O trema desaparece de todas as palavras com excessão dos nomes próprios;
3) O acento agudo dos ditongos abertos "éi" e "ói" desaparece nas palavras paróxítonas; Ex: Europeia, ideia, jiboia, alcateia, ideia (antes com acento)
4) Também desaparece o acento no "i" e no "u" tônico depois do ditongo, nas palavras paroxítonas; Ex:Baiuca, bocaiuva, feiura (antes com acento)
5) O acento circunflexo também desaparece das palavras terminadas em "êem" e "ôo"; Ex: Creem, leem, voo, enjoo, deem (antes com acento)
6) O acento utilizado antes para diferenciar as palavras "Pára, péla, pêlo, pólo, pêra, côa" que deverá a partir do acordo a ser analisada no contexto da frase. Apenas não desaparece o acento de "pôr" (verbo) diferente de "por" (preposição), e "pôde" (pretérito) de pode (presente);
7) O acento agudo da letra "u" nos grupos "gue, gui, que, qui, desaparece dos verbos como averiguar, apaziguar, arguir, redarguir, enxaguar; Ex: antes era escrito: averigúe, apazigúe, argúi, enxagúe.
8) O hifen (-) fica definido da seguinte forma:
a) Quando a palavra é formada pelos prefixos: agro, ante, anti, arqui, auto, contra, extra, infra, intra, macro, mega, micro, maxi, mini, semi, sobre, supra, tele, ultra e a palavra seguinte começa com a letra "h" ou com vogal igual á última do prefixo o hifen será mantido. Ex: micro-ondas; anti-herói; mini-hotel; auto-observação. Em todos os demais casos junta-se as duas palavras formando uma só, quando a segunda palavra for iniciada por uma vogal; Ex: auto + análise = autoanálise; auto + escola = autoescola; auto + estrada = autoestrada; mas, se a segunda palavra for iniciada por uma consoante duplica-se a primeira letra da segunda palavra; Ex: anti + semita = antissemita; mini + saia = minissaia; auto + retrato = autorretrato; auto + sustentável = autossustentável; anti + social = antissocial;
b)Quando a palavra que vem depois dos prefixos "híper, iner, super" começa com a letra "h" ou com a letra "r", mantém-se o hifen; Ex: super-homem; inter-regional; hiper-racista; Nos outros casos as palavras se juntam ao prefixo formando uma única palavra; Ex: hiper + inflação = hiperinflação; super + sônico = supersônico; super + fantástico = superfantástico;
c) Quando o prefixo "sub" antecede palavras iniciadas com as letras "b", "h", ou "r", o hifen será mantido; Ex: sub-base; sub-reino; sub-humano; sub-raça; sub-rogar Entretanto, os demais casos desaparece o "hifen"; Ex: subsecretário; subeditor; subestimado; subsolo; subproduto; submundo; subnutrido;
d) Quando o prefixo é vice usará sempre o "hifen"; Ex: vice-rei; vice-presidente; vice-prefeito; vice-diretor;
e) Se o prefixo for "Pan" ou "circun" o hifen será sempre usado quando a palavra seguinte começar com "h", "m", "n", ou "vogais: a,e,i,o,u"; Ex: pan-americano; circum-hospitalar; Em todos os demais casos não se usa o "hifen"; Ex: pansexual; circuncisão; circunvagar; circunvizinho;

Fonte: www.g1.com.br
LER O ARTIGO COMPLETO...

domingo, 5 de julho de 2009

ADMINISTRADORES TERÃO PROVA DE AVALIAÇÃO DO ENADE


A RBA (Revista Brasileira de Administração), edição n.o 70 de maio/junho de 2009 publicou matéria informativa que a partir de 2009 todos os estudantes habilitados em Administração de Empresas terão que prestar o exame, onde o Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estuidantes) estará avaliando o rendimento dos alunos de graduação. Veja a matéria completa abaixo:


Enade vai avaliar estudantes de Administração
Em 8 de novembro deste ano, os estudantes dos cursos de graduação em Administração participa­rão do Exame Nacional de Desempenho de Es­tudantes (Enade 2009). Como novidade, a partir deste ano, todos os estudantes habilitados do final do primeiro e do último ano dos cursos de gradua­ção avaliados pelo Ministério da Educação (MEC) , terão que prestar o exame. Nas edições anteriores, a participação era por amostragem, com base na seleção dos alunos feita pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). As inscrições poderão ser realizadas no período de 29 de junho a 31 de agosto. Até 10 de setem­bro, será divulgada a lista dos alunos que partici­parão do exame e, até 26 de outubro, os respecti­vos locais de aplicação das provas. Serão considerados estudantes do final do pri­meiro ano do curso aqueles que, até o dia 1.o de agosto, tiverem concluído entre 7% e 22%, inclu­sive, da carga horária mínima do currículo do cur­so; e do último ano do curso aqueles que, até esta data, tiverem concluído pelo menos 80% da carga horária mínima do currículo do curso das IES ou que tenham condições acadêmicas de conclusão do curso no ano letivo de 2009.
O Enade avalia o rendimento dos alunos de graduação, ingressantes e concluintes, em relação aos conteúdos programáticos dos cursos em que estão matriculados. O exame é obrigatório para os estudantes selecionados e condição indispensável para a emissão do diploma. Mais informações no site: www.inep.gov.br/superior/enade.

Fonte: Revista Brasileira de Administração Ano XIX N.o 70 maio/junho de 2009

(a) Adm. Jésus Fernandes Leão
LER O ARTIGO COMPLETO...

testando funcionalidade http://whos.amung.us/showcase/

estatistica em teste: whos.amung.us

?


AVISO ”A partir do ano 2017 todos os comentários somente serão respondidos se for indicado endereço de "email válido" para resposta, em virtude do grande número de solicitação de informações já postadas nos artigos!...”