Este blog contém posts e comentários.

Este blog recebe e agradece as visitas desde Fev/2009.

Contador de visitas

sábado, 21 de fevereiro de 2009

CONCISÃO E SIMPLICIDADE NA COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL


"OBRIGADO PELA INFORMAÇÃO QUE VOCÊ NÃO ME DEU!" (NORMANN KESTENBAUM, Ed Campus)

O livro é uma ajuda a todos que precisam informar as pessoas com a finalidade de fazer negócios e convencer a quem possa interessar do seu produto ou serviço, e tem muito pouco tempo para isso.
O que importa não é a grande quantidade de slides que você irá apresentar, mas a precisão e o convencimento da outra parte que deve ser feito de forma simples e direta sem nenhum rodeio.
O excesso de informações pode atrapalhar, tanto que negócios fechados podem desandar se você insistir em apresentar outras características do seu produto ou serviço ao comprador depois de feito o negócio.
“A acessibilidade total que conquistamos não implica que precisemos de tudo.” (BILL JENSEN)
“O mais valioso de todos os talentos é não usar duas palavras quando apenas uma resolver.” (THOMAS JEFFERSON)
A simplicidade é a arte de tornar claro o que é complexo, é poder fazer menos do que não interessa e fazer mais do que interessa.
Devemos saber expressar nossas idéias com eficiência e simplicidade, pois, isso é uma jóia rara e cada vez mais valorizada no mercado do trabalho.
A base de tudo é o conhecimento que nada mais é do que a informação, combinada com a experiência, contexto, interpretação e reflexão, segundo DAVENPORT o Guru da Gestão.
O mundo empresarial está carente de pessoas que pensam, e segundo FORD pensar é o trabalho mais árduo que existe,por isso tão poucos se dedicam a fazê-lo.
KESTENBAUM, apresenta cinco passos para você montar uma boa apresentação:
1) Desplugue-se porque raciocínio é o que vale.
2) Elimine o desnecessário
3) Evite utilizar jargão e lugar-comum
4) Vá direto ao ponto
5) Tangibilize resultados e/ou benefícios
Nas suas apresentações tente colocar todo o seu raciocínio em um único slide, condensando todo o seu estudo em uma fala de no máximo 15 a 20 minutos, se você for convincente não precisará falar por horas a fio, deixando a platéia dispersa e desinteressada.
Não abra sua apresentação com ênfase em problemas, mas transforme esses problemas em desafios a serem superados e a seguir mostre como isso é possível e viável. Se você for interrompido constantemente, isso não significa sinal de problemas, podendo significar que estão interessados e querem saber mais.
Jamais comece uma apresentação com uma pergunta por uma razão muito simples: você não tem como saber a resposta que virá do lado de lá, podendo lhe ser favorável ou não, portanto, melhor não arriscar.
Você tem que provar aquilo que está falando através de dados e informações que sustentem a sua idéia fazendo um elo entre a informação e o conteúdo.
Ensaie, ensaie várias vezes o que vai falar, porque somente assim terá consistência no que vai dizer e quanto mais você se prepara mais você domina o assunto e maior possibilidade de convencimento da sua platéia.
No final a sua platéia irá dizer apenas duas palavras que irão coroar todo o seu árduo trabalho de pensar: “FAZ SENTIDO.”

Tenham um excelente dia de sucesso e trabalho, fiquem com Deus!

(a)Adm Jésus Fernandes Leão
Visualizações desta Matéria:



Nenhum comentário :

testando funcionalidade http://whos.amung.us/showcase/

estatistica em teste: whos.amung.us

?


AVISO ”A partir do ano 2017 todos os comentários somente serão respondidos se for indicado endereço de "email válido" para resposta, em virtude do grande número de solicitação de informações já postadas nos artigos!...”