Este blog contém posts e comentários.

Este blog recebe e agradece as visitas desde Fev/2009.

Contador de visitas

sexta-feira, 20 de março de 2009

IDENTIFICANDO A "PRATA DA CASA".


GESTÃO POR COMPETÊNCIA.



A organização cada vez mais está se voltando para a identificação da “prata da casa”, que deveria ser motivo de orgulho e satisfação para a organização que, ás vezes, não investe nas pessoas engajadas na cultura e no empreendimento, deixando esses colaboradores desmotivados, enquanto contrata profissionais de fora do contexto empresarial para ocupar os cargos mais altos e melhor remunerados em desfavor dos seus empregados de carreira, aquele que “nasceu com a empresa” e nela injetou todo o seu esforço quando a mesma estava engatinhando, sem dar uma oportunidade sequer de crescimento, demonstrando o seu potencial produtivo e inovador.
Competências, segundo a definição de LEBOYER, são os repertórios de comportamentos que algumas pessoas ou organização dominam, tornando-as destaques de outras em contextos específicos.
Esse tipo de gerenciamento baseado na competência representa uma mudança de cultura organizacional, direcionando a um maior senso de responsabilidade e autogestão dos colaboradores, a fim de melhorar o seu desempenho profissional.
Através deste gerenciamento o próprio funcionário faz sua auto-avaliação e identifica seus pontos fracos, mas também os seus pontos fortes e suas potências, transformando-se de meros objetos passíveis para agentes ativos da avaliação de seu próprio desempenho.
GRAMIGNIA (2002) faz referencia à avaliação de desempenho por competências como sendo um meio poderoso de identificação dos seus funcionários com grande potencial inexplorado, além de melhorar o desempenho da equipe de trabalho e a qualidade na relação entre funcionários e superiores, melhorando o ambiente organizacional e incentivando os colaboradores a assumir responsabilidades pela excelência nos resultados pessoais e organizacionais.
Para destacar-se a excelência do profissional é necessário estabelecer um processo sistematizado, específico, mensurável e que possa ser comparado com o desempenho dos vários colaboradores de uma instituição com o objetivo de localizar aqueles que tenham um perfil desejado para determinado cargo ou função dentro da organização.
É óbvio que em algumas ocasiões é estratégico, saudável e salutar injetar “sangue novo” para a realização de mudanças vitais que venham agregar valores novos e necessários para o acompanhamentos e adequações ao sistema produtivo, porém, é também cada vez mais comum reconhecer os méritos dos colaboradores que se destacam no seu dia-a-dia de trabalho dando-lhes oportunidades de ampliação de seus horizontes profissionais enfrentando desafios e quebrando velhos paradigmas.
Essas mudanças forçam a empresa a rever muitas de suas estratégias organizacionais, levando a pensar nas competências necessárias ou desejáveis aos profissionais que integram seu quadro de colaboradores. Neste contexto as pessoas e seus conhecimentos e habilidades tornam-se a base principal da organização, deixando de ser tratadas como mero “recurso humano” e se transformam em “patrimônio intelectual” como seres dotados de atitudes, sentimentos, emoções e aspirações.

Tenham um excelente desempenho profissional e sucesso em todas as suas aspirações.

(a) Adm. Jésus Fernandes Leão

Nenhum comentário :

testando funcionalidade http://whos.amung.us/showcase/

estatistica em teste: whos.amung.us

?


AVISO ”A partir do ano 2017 todos os comentários somente serão respondidos se for indicado endereço de "email válido" para resposta, em virtude do grande número de solicitação de informações já postadas nos artigos!...”